topo
PUB
As novidades dos famosos todos os dias no seu email.
Preencha correctamente o seu Email.
Obrigado pelo seu registo no resumo diário de imprensa do Famosos ao Minuto.
O que é a ansiedade? António Raminhos abre o coração para explicar
O que é a ansiedade? António Raminhos abre o coração para explicar
O humorista sofre há vários anos desta perturbação psicológica.
22:25 - 04 de Agosto de 2020 | Por Famosos ao Minuto

O que é a ansiedade? António Raminhos procurou dentro de si e com base na sua experiência pessoal, de quem há vários anos lida com esta perturbação psicológica, a melhor resposta possível a esta questão. 

"A ansiedade é estar no sítio certo, no tempo errado. Estamos no passado ou no futuro. Ou estamos a projectar ou a reviver acções, ideias, perguntas, medos... Muitas vezes, estamos nos dois lugares. No passado e no futuro", começa por explicar.

Raminhos explica que na maioria dos casos pessoas com ansiedade raramente conseguem "estar onde é suposto: aqui e agora... neste segundo" e conta porque é que isso acontece.

"Porquê? Porque estar no presente é largar a corda, é soltar a mão, é perder as rodinhas da bicicleta. É não controlar. É estar num sítio onde nunca estivemos e, no entanto, o único que nos poderá fazer feliz. Ao contrário do que pensamos, há muita coisa que nos chama para o presente. O som do vento nas árvores, o ecoar das ondas do mar, os passos na terra batida, o colocar a mão no peito e ouvir e sentir a respiração. Porquê? Porque tudo isso está a acontecer agora", continua.

Por fim, o conselho a todos os que sentem dificuldade em viver o presente: "Quando se sentirem no passado ou no futuro... procurem um jardim, a areia da praia ou simplesmente parem, fechem os olhos, respirem fundo e coloquem a mão no peito. E, como no dia em que entraram na escola pela primeira vez, digam... eu estou presente".

Eis abaixo a publicação completa:

Ver essa foto no Instagram

A ansiedade é estar no sítio certo, no tempo errado. Estamos no passado ou no futuro. Ou estamos a projectar ou a reviver acções, ideias, perguntas, medos... Muitas vezes, estamos nos dois lugares. No passado e no futuro. Raramente conseguimos estar onde é suposto: aqui e agora... neste segundo. A ver o que está a acontecer, a sentir, a cheirar, a ouvir... Porquê? Porque estar no presente é largar a corda, é soltar a mão, é perder as rodinhas da bicicleta. É não controlar. É estar num sítio onde nunca estivemos e, no entanto, o único que nos poderá fazer feliz. Ao contrário do que pensamos, há muita coisa que nos chama para o presente. O som do vento nas árvores, o ecoar das ondas do mar, os passos na terra batida, o colocar a mão no peito e ouvir e sentir a respiração. Porquê? Porque tudo isso está a acontecer agora. Quando se sentirem no passado ou no futuro... procurem um jardim, a areia da praia ou simplesmente parem, fechem os olhos, respirem fundo e coloquem a mão no peito. E, como no dia em que entraram na escola pela primeira vez, digam... eu estou presente.

Uma publicação compartilhada por António Raminhos (@raminhoseffect) em 4 de Ago, 2020 às 1:50 PDT

PUB
As novidades dos famosos todos os dias no seu email.
Preencha correctamente o seu Email.
Obrigado pelo seu registo no resumo diário de imprensa do Famosos ao Minuto.
PUB